Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

'Canto de Louvor!'


(Donald Zolan)


Canto em louvor
Aos deuses celestes
Que te abrigam
Em suas moradas.
Tal um cometa
Passaste por mim
E para te guardar,
Pousei-te nos meus poemas.
Tento buscar-te
Nas primaveras áridas como a vida,
Nas palavras não pronunciadas
Nas perguntas que ficaram sem respostas
Na grande sinfonia inacabada!

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 01/12/2008
Código do Texto: T1312462
Postar um comentário

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

'Canto de Louvor!'


(Donald Zolan)


Canto em louvor
Aos deuses celestes
Que te abrigam
Em suas moradas.
Tal um cometa
Passaste por mim
E para te guardar,
Pousei-te nos meus poemas.
Tento buscar-te
Nas primaveras áridas como a vida,
Nas palavras não pronunciadas
Nas perguntas que ficaram sem respostas
Na grande sinfonia inacabada!

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 01/12/2008
Código do Texto: T1312462
Postar um comentário