Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

'Quietude De Um Coração'


(Tela de Washinghton Maguetas)


E o momento se faz pleno
Sentada num sofá
Feito de ilusões
Quietude de um coração
Às flores preenchem
Os espaços bordando
De fantasia a mobília
O perfume paira no ar
Delicadamente invade
A minha inspiração
Fazendo com que os versos
Surjam em minhas mãos
Para serem transformados em poesia
Doces são às lembranças
Que vem pela janela do coração
E assim, o olhar se fecha
E a quietude vira versos
Embalando minha fantasia

Elisa Cesar
Postar um comentário

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

'Quietude De Um Coração'


(Tela de Washinghton Maguetas)


E o momento se faz pleno
Sentada num sofá
Feito de ilusões
Quietude de um coração
Às flores preenchem
Os espaços bordando
De fantasia a mobília
O perfume paira no ar
Delicadamente invade
A minha inspiração
Fazendo com que os versos
Surjam em minhas mãos
Para serem transformados em poesia
Doces são às lembranças
Que vem pela janela do coração
E assim, o olhar se fecha
E a quietude vira versos
Embalando minha fantasia

Elisa Cesar
Postar um comentário