Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

INICIAÇÃO NOS CAMPOS DE GULAG



(Nono sentimento)

Talvez amanhã de manhã
já não saibamos mais quem somos nós
ou seremos cada irmão levando a própria sombra
nos ombros do tardio corpo.
Talvez rumemos para uma nova Canaâ
– a fauna prometida sob as águas
de nossos submersos descaminhos.
Talvez sejamos arcanjos argonautas
singrando sonhos marinhos...
Talvez libertadores das crisálidas de luz
daquelas gotas de sangue entre as dobras
das túnicas inconsúteis de Jesus.

... entrementes:
– aquela última dose dupla de Boaka
– aquela dentadura de arame farpado
– aquela dose venenosa de vodka-cola
– aquele ponto de exclamação içado
no “L” insone da forca da insanidade...
... a língua forçando os dentes
privados da liberdade
de matar aquela fome
sem a dor da imunidade.

Julis Calderón
Postar um comentário

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

INICIAÇÃO NOS CAMPOS DE GULAG



(Nono sentimento)

Talvez amanhã de manhã
já não saibamos mais quem somos nós
ou seremos cada irmão levando a própria sombra
nos ombros do tardio corpo.
Talvez rumemos para uma nova Canaâ
– a fauna prometida sob as águas
de nossos submersos descaminhos.
Talvez sejamos arcanjos argonautas
singrando sonhos marinhos...
Talvez libertadores das crisálidas de luz
daquelas gotas de sangue entre as dobras
das túnicas inconsúteis de Jesus.

... entrementes:
– aquela última dose dupla de Boaka
– aquela dentadura de arame farpado
– aquela dose venenosa de vodka-cola
– aquele ponto de exclamação içado
no “L” insone da forca da insanidade...
... a língua forçando os dentes
privados da liberdade
de matar aquela fome
sem a dor da imunidade.

Julis Calderón
Postar um comentário