Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Almas entrelaçadas



Sejamos o silêncio,
palavras que ressuscitam
escorrendo pelo tempo sua efemeridade
Sobre a ausência e a solidão
nossas almas se entrelaçam
e partem tal nômades
em busca das verdades
únicas e eternas
Carregam a nostalgia da perfeição
os sonhos ganham asas e luares,
somos a noite antes do principio
e do fim
Meu olhar ajoelha-se ante tua luz
a voz emudece sob teu canto
somente o amor cresceu
qualquer sentimento curva-se
diante da beleza majestosa
desse encanto.


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 09/02/09
Código do Texto: T1429460
Postar um comentário

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Almas entrelaçadas



Sejamos o silêncio,
palavras que ressuscitam
escorrendo pelo tempo sua efemeridade
Sobre a ausência e a solidão
nossas almas se entrelaçam
e partem tal nômades
em busca das verdades
únicas e eternas
Carregam a nostalgia da perfeição
os sonhos ganham asas e luares,
somos a noite antes do principio
e do fim
Meu olhar ajoelha-se ante tua luz
a voz emudece sob teu canto
somente o amor cresceu
qualquer sentimento curva-se
diante da beleza majestosa
desse encanto.


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 09/02/09
Código do Texto: T1429460
Postar um comentário