Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 25 de janeiro de 2009

Declaração



Declaro-me pouco
Sempre silencio
Faço ir e vir o caminho
Onde me teço
A minha voz nunca é clara
Ao destino que traço, pago o preço.
O meu grito é raro
Não declaro o que digo
Quando calo, me anuncio
Permaneço no retorno
Negando meu passo na partida
Por não ver o tempo e o espaço
Faço do fim meu começo.

Conceição Bentes
24/01/09
Postar um comentário

domingo, 25 de janeiro de 2009

Declaração



Declaro-me pouco
Sempre silencio
Faço ir e vir o caminho
Onde me teço
A minha voz nunca é clara
Ao destino que traço, pago o preço.
O meu grito é raro
Não declaro o que digo
Quando calo, me anuncio
Permaneço no retorno
Negando meu passo na partida
Por não ver o tempo e o espaço
Faço do fim meu começo.

Conceição Bentes
24/01/09
Postar um comentário