Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

'Reinvento você!'



Eu te inventei
Sob diversas formas
Fiz de ti a canção da espera
Criei-te na saudade
Nas buscas das respostas,
Nas primaveras esquecidas.
Cumpri a promessa da espera,
Que voltasses de um mar
Envolvendo-me num eco de areia.
Fui cúmplice nos compassos dos dias
E esquadros das horas certas.
Mas deslizamos como tudo que não cabe
Na fotografia do tempo!


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 26/11/2008
Código do Texto: T1304764
Postar um comentário

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

'Reinvento você!'



Eu te inventei
Sob diversas formas
Fiz de ti a canção da espera
Criei-te na saudade
Nas buscas das respostas,
Nas primaveras esquecidas.
Cumpri a promessa da espera,
Que voltasses de um mar
Envolvendo-me num eco de areia.
Fui cúmplice nos compassos dos dias
E esquadros das horas certas.
Mas deslizamos como tudo que não cabe
Na fotografia do tempo!


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 26/11/2008
Código do Texto: T1304764
Postar um comentário