Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

'Lua Nua'



Varando o escuro da noite
Ela deita sobre a terra
O leitoso olhar
Hipnótica claridade
Noturnas sombras de luar

Lua! Redonda e magnífica!
Qual celeste matrona
Gorda e pálida
Despudoradamente revelando
Entre negras rendas
A alva e luminosa pele

Bela e branca
Absolutamente crua!
Indecentemente nua!
Esplendidamente...lua!

Lenise Marques
Postar um comentário

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

'Lua Nua'



Varando o escuro da noite
Ela deita sobre a terra
O leitoso olhar
Hipnótica claridade
Noturnas sombras de luar

Lua! Redonda e magnífica!
Qual celeste matrona
Gorda e pálida
Despudoradamente revelando
Entre negras rendas
A alva e luminosa pele

Bela e branca
Absolutamente crua!
Indecentemente nua!
Esplendidamente...lua!

Lenise Marques
Postar um comentário