Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

'Luz!'



Guardo a luz em velas
Que se dissolvem ao sol
Nas lindas manhãs
E nas mãos aqueço
A luz fria da noite
Onde as cores escurecem
Os sentidos claro da alma
Guardo as palavras sem cores
Entre os sonhos e segredos
Lembrando escrituras e estórias
Que não reviverei
Olho um horizonte distante
E adormeço com anseio
De alcançar coisas
Que nunca conheci


Conceição Bentes
(10/06/08)
Natal- Rio Grande do Norte
Postar um comentário

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

'Luz!'



Guardo a luz em velas
Que se dissolvem ao sol
Nas lindas manhãs
E nas mãos aqueço
A luz fria da noite
Onde as cores escurecem
Os sentidos claro da alma
Guardo as palavras sem cores
Entre os sonhos e segredos
Lembrando escrituras e estórias
Que não reviverei
Olho um horizonte distante
E adormeço com anseio
De alcançar coisas
Que nunca conheci


Conceição Bentes
(10/06/08)
Natal- Rio Grande do Norte
Postar um comentário