Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 17 de março de 2009

AMOR IMPREVISÍVEL



além de mim muito mais além de mim
muito além do que muito além de mim

onde jaz sem memória o meu anônimo
amor além do acaso onde é impossível
perecer o imperecível amor de outono

no alvorecer noturno de uma flor tardia
meu desejo insensato ainda aguardaria

que da sombra o crepúsculo emergisse
e nos cobrisse a alvorada de esperança
de reviver o amor do inevitável eclipse

Afonso Estebanez
(Poema dedicado à Dulce Jacob Genari)
Postar um comentário

terça-feira, 17 de março de 2009

AMOR IMPREVISÍVEL



além de mim muito mais além de mim
muito além do que muito além de mim

onde jaz sem memória o meu anônimo
amor além do acaso onde é impossível
perecer o imperecível amor de outono

no alvorecer noturno de uma flor tardia
meu desejo insensato ainda aguardaria

que da sombra o crepúsculo emergisse
e nos cobrisse a alvorada de esperança
de reviver o amor do inevitável eclipse

Afonso Estebanez
(Poema dedicado à Dulce Jacob Genari)
Postar um comentário