Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 25 de abril de 2009

Um pouco de mim



Procure-me nos rostos que passam,
na poeira do tempo
e veja quem sou

Encontro-me na noite,
nas pedras que brotam dos interstícios
cujos braços que me enlaçam,
são os cipós dos ventos

Tornei-me palavras que se perderam
sob a saliva da noite,
embaraçando folhas de livros
repletos de versos não lidos,
calados, sem delito.

Conceição Bentes
25/04/09
Postar um comentário

sábado, 25 de abril de 2009

Um pouco de mim



Procure-me nos rostos que passam,
na poeira do tempo
e veja quem sou

Encontro-me na noite,
nas pedras que brotam dos interstícios
cujos braços que me enlaçam,
são os cipós dos ventos

Tornei-me palavras que se perderam
sob a saliva da noite,
embaraçando folhas de livros
repletos de versos não lidos,
calados, sem delito.

Conceição Bentes
25/04/09
Postar um comentário