Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 30 de abril de 2009

ANIVERSÁRIO


Se vais me dar um presente
envio-te a lista de urgências:
seja pois o monte Fuji,
uma braçada de flores
ou um cogumelo na chuva.

Se queres me agradar,
me dá o sol poente,
o piscar de um vaga-lume
ou das madrugadas
a tenra luz incipiente.

Bem-vindas também as Plêiades
as galáxias
Ou as ilhas de além-mar!

Ou envia-me nossos poemas,
Meu amigo,
Em celofanes de vento
Embrulhados.
A alma agradece
E estamos conversados

(Fernando Campanella)


Bom dia. Ao acordarmos, a cada dia, bendizemos o sol, a luz da manhã, a nossa vida, os sonhos da noite, e aqueles com quem convivemos. Isso é praxe e faz bem a alma. Mas dentre as saudações que fazemos, há uma especial, como a de hoje, em que te envio meu carinho profundo, e um agradecimento por tua presença inteligente, suave, sensível em minha vida.
FELIZ ANIVERSÁRIO, MINHA QUERIDA AMIGA.
Fernando Campanella
Postar um comentário

quinta-feira, 30 de abril de 2009

ANIVERSÁRIO


Se vais me dar um presente
envio-te a lista de urgências:
seja pois o monte Fuji,
uma braçada de flores
ou um cogumelo na chuva.

Se queres me agradar,
me dá o sol poente,
o piscar de um vaga-lume
ou das madrugadas
a tenra luz incipiente.

Bem-vindas também as Plêiades
as galáxias
Ou as ilhas de além-mar!

Ou envia-me nossos poemas,
Meu amigo,
Em celofanes de vento
Embrulhados.
A alma agradece
E estamos conversados

(Fernando Campanella)


Bom dia. Ao acordarmos, a cada dia, bendizemos o sol, a luz da manhã, a nossa vida, os sonhos da noite, e aqueles com quem convivemos. Isso é praxe e faz bem a alma. Mas dentre as saudações que fazemos, há uma especial, como a de hoje, em que te envio meu carinho profundo, e um agradecimento por tua presença inteligente, suave, sensível em minha vida.
FELIZ ANIVERSÁRIO, MINHA QUERIDA AMIGA.
Fernando Campanella
Postar um comentário