Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

XI

XI

Aqui estou de pernoite
nada mais que pernoite.
Consagradas alvenarias
não bastam para viver.

Tudo me fascina,
me dilacera,
me acelera,
me corrompe,
me solidifica,
me solidariza.

Viver
é campo de passagem.
Tenho sempre
um tempo de transição.

Lindolf Bell
In ‘Incorporação’ - A Tarefa
Postar um comentário

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

XI

XI

Aqui estou de pernoite
nada mais que pernoite.
Consagradas alvenarias
não bastam para viver.

Tudo me fascina,
me dilacera,
me acelera,
me corrompe,
me solidifica,
me solidariza.

Viver
é campo de passagem.
Tenho sempre
um tempo de transição.

Lindolf Bell
In ‘Incorporação’ - A Tarefa
Postar um comentário