Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A PAZ


A PAZ

Eu conheço a paz
A rotunda paz

A paz pregada
A paz relegada

Conheço a paz pregada à pele das ruas
Ao muro de Berlim

A paz podre
A paz colada às bandeiras dos países
A paz com bolor
A paz histérica das nações fortes
A paz imposta aos pequenos

Conheço a paz preta
Não a branca paz da pomba

A homeopática paz
A pálida paz
A paz da cartaz
A paz do púlpito
A paz política
Conheço a ridícula paz
da gorda senhora chamada ONU

Conheço o cachimbo da paz
Que é uma bomba sem paz
Que é uma paz ponteaguda

Esta é a paz que eu conheço
Aonde estará a paz?

Lindolf Bell
In ‘Incorporação’
Postar um comentário

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A PAZ


A PAZ

Eu conheço a paz
A rotunda paz

A paz pregada
A paz relegada

Conheço a paz pregada à pele das ruas
Ao muro de Berlim

A paz podre
A paz colada às bandeiras dos países
A paz com bolor
A paz histérica das nações fortes
A paz imposta aos pequenos

Conheço a paz preta
Não a branca paz da pomba

A homeopática paz
A pálida paz
A paz da cartaz
A paz do púlpito
A paz política
Conheço a ridícula paz
da gorda senhora chamada ONU

Conheço o cachimbo da paz
Que é uma bomba sem paz
Que é uma paz ponteaguda

Esta é a paz que eu conheço
Aonde estará a paz?

Lindolf Bell
In ‘Incorporação’
Postar um comentário