Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

POEMA ÀQUILO QUE PERDI

POEMA ÀQUILO QUE PERDI

Entre dois lugares julguei achar-te.
No terceiro estavas longe.

Perdi meus olhos numa vitrina.
Por isso não choro não mais.

Minhas mãos perdi-as também.
Já não recordo aonde.
Os anos puseram-me nocaute.

E a alma não encontro.
Vou habitar os campos verdes.

Lindolfo Bell
In ‘Incorporação’
Postar um comentário

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

POEMA ÀQUILO QUE PERDI

POEMA ÀQUILO QUE PERDI

Entre dois lugares julguei achar-te.
No terceiro estavas longe.

Perdi meus olhos numa vitrina.
Por isso não choro não mais.

Minhas mãos perdi-as também.
Já não recordo aonde.
Os anos puseram-me nocaute.

E a alma não encontro.
Vou habitar os campos verdes.

Lindolfo Bell
In ‘Incorporação’
Postar um comentário