Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A GENTE NUNCA ESTA SÓ


A gente nunca está só.
Ou se está com uma saudade
De um sonho desfeito em pó;
Ou se está com uma esperança
De nova felicidade
No coração que não cansa. . .


Sempre uma sombra com a gente,
Constantemente,
Uma sombra. . . Boa. . . ou má. . .
Só é que nunca se está.


*Aldemar Tavares
In: Poesias Escolhidas

*(Adelmar Tavares da Silva Cavalcanti), advogado, professor, jurista, magistrado e poeta, nasceu em Recife, PE, em 16 de fevereiro de 1888, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 20 de junho de 1963.
Postar um comentário

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A GENTE NUNCA ESTA SÓ


A gente nunca está só.
Ou se está com uma saudade
De um sonho desfeito em pó;
Ou se está com uma esperança
De nova felicidade
No coração que não cansa. . .


Sempre uma sombra com a gente,
Constantemente,
Uma sombra. . . Boa. . . ou má. . .
Só é que nunca se está.


*Aldemar Tavares
In: Poesias Escolhidas

*(Adelmar Tavares da Silva Cavalcanti), advogado, professor, jurista, magistrado e poeta, nasceu em Recife, PE, em 16 de fevereiro de 1888, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 20 de junho de 1963.
Postar um comentário