Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 7 de janeiro de 2012

O Olhar

Ele era um andarilho.
Ele tinha um olhar cheio de sol
de águas
de árvores
de aves.
Ao passar pela Aldeia
Ele sempre me pareceu a liberdade em trapos.
O silêncio honrava a sua vida.

Manoel Barros
in ‘Poemas Rupestres’
Postar um comentário

sábado, 7 de janeiro de 2012

O Olhar

Ele era um andarilho.
Ele tinha um olhar cheio de sol
de águas
de árvores
de aves.
Ao passar pela Aldeia
Ele sempre me pareceu a liberdade em trapos.
O silêncio honrava a sua vida.

Manoel Barros
in ‘Poemas Rupestres’
Postar um comentário