Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

""música de manivela""

Oswald de Andrada

(Nascido em São Paulo, 11 de janeiro de 1890)


Sente-se diante da vitrola
E esqueça das vicissitudes da vida

Na dura labuta de todos os dias
Não deve ninguém que se preze
Descuidar dos prazeres da alma
Discos a todos os preços

Oswald de Andrade


José Oswald de Sousa Andrade Pereira Pinto de Oliveira Siqueira Neto ,
(São Paulo, 11 de janeiro de 1890 — São Paulo, 22 de outubro de 1954)
foi um escritor, ensaísta e dramaturgo brasileiro. Era filho único de Jose Oswald Nogueira de Andrade e de Inês Henriqueta Inglês de Sousa Andrade. Seu nome pronuncia-se com acento na letra a (Oswáld).

Foi um dos promotores da Semana de Arte Moderna que ocorreu 1922 em São Paulo, tornando-se um dos grandes nomes do modernismo literário brasileiro. Foi considerado pela crítica como o elemento mais rebelde do grupo, sendo o mais inovador entre estes.

*Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924)
*Manifesto Antropófago (1928)

Oswald de Andrade já foi retratado como personagem no cinema e na televisão, interpretado por Colé Santana no filme Tabu (1982); Flávio Galvão e Ítala Nandi, no filme O Homem do Pau-Brasil (1982); Antônio Fagundes, no filme Eternamente Pagu (1987); e José Rubens Chachá, nas minisséries Um Só Coração (2004) e JK (2006).

As ideias de Oswald de Andrade influenciaram também diversas áreas da criação artística: na música, o tropicalismo; na poesia, o movimento dos concretistas; e no teatro, grupos como Teatro Oficina e Cia. Antropofágica têm sua trajetória ligada ao poeta.


*****
Postar um comentário

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

""música de manivela""

Oswald de Andrada

(Nascido em São Paulo, 11 de janeiro de 1890)


Sente-se diante da vitrola
E esqueça das vicissitudes da vida

Na dura labuta de todos os dias
Não deve ninguém que se preze
Descuidar dos prazeres da alma
Discos a todos os preços

Oswald de Andrade


José Oswald de Sousa Andrade Pereira Pinto de Oliveira Siqueira Neto ,
(São Paulo, 11 de janeiro de 1890 — São Paulo, 22 de outubro de 1954)
foi um escritor, ensaísta e dramaturgo brasileiro. Era filho único de Jose Oswald Nogueira de Andrade e de Inês Henriqueta Inglês de Sousa Andrade. Seu nome pronuncia-se com acento na letra a (Oswáld).

Foi um dos promotores da Semana de Arte Moderna que ocorreu 1922 em São Paulo, tornando-se um dos grandes nomes do modernismo literário brasileiro. Foi considerado pela crítica como o elemento mais rebelde do grupo, sendo o mais inovador entre estes.

*Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924)
*Manifesto Antropófago (1928)

Oswald de Andrade já foi retratado como personagem no cinema e na televisão, interpretado por Colé Santana no filme Tabu (1982); Flávio Galvão e Ítala Nandi, no filme O Homem do Pau-Brasil (1982); Antônio Fagundes, no filme Eternamente Pagu (1987); e José Rubens Chachá, nas minisséries Um Só Coração (2004) e JK (2006).

As ideias de Oswald de Andrade influenciaram também diversas áreas da criação artística: na música, o tropicalismo; na poesia, o movimento dos concretistas; e no teatro, grupos como Teatro Oficina e Cia. Antropofágica têm sua trajetória ligada ao poeta.


*****
Postar um comentário