Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 27 de julho de 2009

PRIMEIRA PÁGINA



Louras abelhas, leves borboletas,
Volúveis beija-flores,
Rápidos gênios, hospedes dos ares,
Solitários cantores,
Amantes uns das pompas das cidades,
Das galas e das festas,
Outros amigos das planícies vastas
E das amplas florestas;
Alado mundo, turbilhão volante,
Bando de sonhos vagos,
Ora adejando em caprichosos giros,
Ora em doces afagos
Pousando sobre as frontes cismadoras,
Vede, desponta o dia,
Sacudi vossas asas vaporosas,
Exultai de alegria!
Ide sem medo, lúcidas quimeras,
São horas de partir!...
Ide, corre, voai, que vos desejo
O mais almo porvir!...


Fagundes Varela
In: Cântico do Calvário e Outros Poemas
Postar um comentário

segunda-feira, 27 de julho de 2009

PRIMEIRA PÁGINA



Louras abelhas, leves borboletas,
Volúveis beija-flores,
Rápidos gênios, hospedes dos ares,
Solitários cantores,
Amantes uns das pompas das cidades,
Das galas e das festas,
Outros amigos das planícies vastas
E das amplas florestas;
Alado mundo, turbilhão volante,
Bando de sonhos vagos,
Ora adejando em caprichosos giros,
Ora em doces afagos
Pousando sobre as frontes cismadoras,
Vede, desponta o dia,
Sacudi vossas asas vaporosas,
Exultai de alegria!
Ide sem medo, lúcidas quimeras,
São horas de partir!...
Ide, corre, voai, que vos desejo
O mais almo porvir!...


Fagundes Varela
In: Cântico do Calvário e Outros Poemas
Postar um comentário