Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 10 de outubro de 2009

Além dos Sonhos



Vôo além dos sonhos,
no fictício azul
que a luz do horizonte deixa ver,
o ondulado da poeira morta
ante o suspiro de um lamento

Meus sonhos sem costuras,
elidem as palavras das arestas,
onde o silêncio especula
o palpável desalento

Estás além de tudo,
permaneces imponderável
nas hipotéticas estrelas,
ponto eqüidistante de partida e chegada,
passagem silenciosa do eterno sempre

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 03/10/09
Código do Texto: T1845477
Postar um comentário

sábado, 10 de outubro de 2009

Além dos Sonhos



Vôo além dos sonhos,
no fictício azul
que a luz do horizonte deixa ver,
o ondulado da poeira morta
ante o suspiro de um lamento

Meus sonhos sem costuras,
elidem as palavras das arestas,
onde o silêncio especula
o palpável desalento

Estás além de tudo,
permaneces imponderável
nas hipotéticas estrelas,
ponto eqüidistante de partida e chegada,
passagem silenciosa do eterno sempre

Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 03/10/09
Código do Texto: T1845477
Postar um comentário