Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Terra Deserta (Luz e Sombras)


Terra deserta de sonhos
não se presta ao cultivo de gente
e as coisas que ali acontecem
alimentam sentimentos estranhos.

Por lá não florescem gerânios,
samambaias desmaiadas padecem,
azaleias ressequidas não crescem,
e o que nos resta é semear desenganos.

Em terra deserta de sonhos,
o canto dos pássaros destoa,
as horas de tão lentas enjoam
e o dia nunca amanhece.

Vidas desertas de sonhos
não se prestam ao cultivo de homens,
que por dias, meses e anos,
aprisionados às sombras não crescem.
 
Naldo Velho
Postar um comentário

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Terra Deserta (Luz e Sombras)


Terra deserta de sonhos
não se presta ao cultivo de gente
e as coisas que ali acontecem
alimentam sentimentos estranhos.

Por lá não florescem gerânios,
samambaias desmaiadas padecem,
azaleias ressequidas não crescem,
e o que nos resta é semear desenganos.

Em terra deserta de sonhos,
o canto dos pássaros destoa,
as horas de tão lentas enjoam
e o dia nunca amanhece.

Vidas desertas de sonhos
não se prestam ao cultivo de homens,
que por dias, meses e anos,
aprisionados às sombras não crescem.
 
Naldo Velho
Postar um comentário