Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 15 de setembro de 2012

"POESIA"


Tudo, para ser poesia,
precisa de sentimento,
ser pensamento que cria,
indo além do pensamento.

Ser força que se irradia,
ser ideia e sofrimento,
ser contrario à noite e ao dia,
ser igual ao som do vento.

Ser o chão, ser a escalada,
ser a essência do lamento
uma dor que do alto cai...

Ser tudo não sendo nada,
nada mais que o desalento
de um soluço que se esvai...

Natal, RN, 16/07/1986



Luiz Rabelo
In: Poemas

Postar um comentário

sábado, 15 de setembro de 2012

"POESIA"


Tudo, para ser poesia,
precisa de sentimento,
ser pensamento que cria,
indo além do pensamento.

Ser força que se irradia,
ser ideia e sofrimento,
ser contrario à noite e ao dia,
ser igual ao som do vento.

Ser o chão, ser a escalada,
ser a essência do lamento
uma dor que do alto cai...

Ser tudo não sendo nada,
nada mais que o desalento
de um soluço que se esvai...

Natal, RN, 16/07/1986



Luiz Rabelo
In: Poemas

Postar um comentário