Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A GIRA DO POEMA

O poeta, abstraído, em que pensará?
(já nem respiro, só observo):
dezenas de umbigos o circundam.
Pensamentos giram alucinados ao redor de sua cabeça,
Nuvens de versos giram em torno de seu coração.
O mundo gira, a cabeça do poeta gira,
tudo gira ao Deus dará.
Como esses versos, baldios, tão frios,
todavia, espera pra ver depois dessa gira,
a doçura de poesia,
o poema ardente que se fará!

*Carmen Regina
Postar um comentário

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A GIRA DO POEMA

O poeta, abstraído, em que pensará?
(já nem respiro, só observo):
dezenas de umbigos o circundam.
Pensamentos giram alucinados ao redor de sua cabeça,
Nuvens de versos giram em torno de seu coração.
O mundo gira, a cabeça do poeta gira,
tudo gira ao Deus dará.
Como esses versos, baldios, tão frios,
todavia, espera pra ver depois dessa gira,
a doçura de poesia,
o poema ardente que se fará!

*Carmen Regina
Postar um comentário